Blog

Novidades da AMP Google: será expandido para qualquer tipo de site

Data: 12/04/2018 - Categorias: NOVIDADES WEB


O AMP (Accelerated Mobile Pages) é uma tecnologia da Google que tem por objetivo acelerar o carregamento de páginas em dispositivos móveis. O processo de otimização não só reduz em até 400 vezes os tempos de carregamento, mas também diminui significativamente o uso de dados.


Inicialmente lançado em fevereiro deste ano, o AMP visava atender somente “publicadores”, como sites de notícias, por exemplo. Entretanto, em um comunicado recente, a companhia informou que o AMP deve ser estendido para funcionar com qualquer tipo de página compatível com o algoritmo.


Atualmente, o Accelerated Mobile Pages já conta mais de 150 milhões de URLs e 650 mil domínios otimizados, e esses números devem crescer exponencialmente até fim do ano. Disney, Fandango, e eBay são apenas alguns exemplos de sites grandes que devem se beneficiar com a mudança e começar a aparecer no painel de busca AMP.


AMP é a sigla para Accelerated Mobile Pages (páginas aceleradas para dispositivos móveis, em português), que são páginas de sites otimizadas para um carregamento simplificado e quase instantâneo quando acessadas via dispositivos móveis.


O projeto é uma iniciativa em código aberto de grandes editores de conteúdo e empresas de tecnologia, com o objetivo de melhorar todo o ecossistema de conteúdo para dispositivos móveis.


Basicamente, uma página AMP possui uma arquitetura que prioriza a velocidade de carregamento da página. Essa arquitetura é dividida em 3 configurações diferentes:


AMP HTML: um código HTML diferente, com restrições e extensões, indo além do HTML básico. A maioria da suas tags são normais de HTML, mas algumas são substituídas por tags específicas do AMP;


AMP JS: responsável por assegurar a renderização rápida de páginas AMP. Sua principal função é tornar assíncrono tudo o que é externo, para que nenhum elemento da página possa bloquear a renderização de outro;


Google AMP Cache: é opcional, mas armazena todas as páginas em AMP HTML em cache nos servidores do Google e melhora o seu desempenho automaticamente. Outras empresas também podem desenvolver seu próprio cache de AMP.


Fonte: https://www.tecmundo.com.br/google/108052-amp-google-expandido-qualquer-tipo-site.htm


Tags: